sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Duelo IaF Vilão mais golpista: Gaia X Wheatley X Shao Khan X Lich King

Share & Comment



Luiz Fernando Menezes — Wheatley
Eu provavelmente serei o único votante no Wheatley. Por que? Porque eu sofri mano! Sofri como o Link sofre todo final de jogo, no qual nem um abraço da Zelda ele ganha! Sofri mais do que o Mario ao saber que a Peach estava em outro castelo. Eu sofri mais do que todas as mulheres de Mass Effect com o Sheppard (ver Gamer Poop para referências).

Estava tudo bem, tudo certo. O Wheatley me ajudando de boa. Fazendo piadinhas ruins, mas beleza, todo mundo tem seu lado Cyrino piadista. Sua voz chata mais atrapalhava do que ajudava, mas beleza, não é culpa dele de ter sido criado com aquela voz. Ele era retardado, mas beleza, tem gente no Rio de Janeiro que vota no professor universitário neonazista para vereador. Podia ser pior.

Aí o cara me vai e toma o poder da porra toda. Podia salvar geral. Podia, sei lá… mandar a GLaDOs pra puta que pariu. Mas não. O poder subiu a cabeça. O olhinho ficou vermelho. O OLHINHO FICOU VERMELHO, mano! Aquilo machucou. Aquilo doeu no meu âmago, rapaz. Nada é mais golpista que o Wheatley.


Vinicius Bressan — Shao Kahn
Era uma vez um reino muito muito distante. Esse reino era pacífico e cheio de felicidade? Não. Mas vamos combinar que nisso ele só se iguala a maioria dos lugares que a gente conhece. Pois bem, esse reino podia não ser pacífico e feliz, mas ele tinha leis, normas, regras, enfim, essas coisas necessárias para a tal da “sociedade organizada”. Outra coisa muito comum por aqui, e que eles tinham também, era um governante. Esse governador havia sido democraticamente eleito? Claro que não, mas considerando o tanto que as pessoas reclamam de ter que votar por aqui, pelo menos do jeito deles diminui o número de textao no Facebook. Até que um belo dia o excelentíssimo senhor Shao Kahn, general do exército nacional, resolveu que tava andando para as regras, e tirou do poder um governante que havia sido tiranicamente eleito. Ah, ele também matou a galera que tentou se opor, um baita golpe militar.


Willian Ferreira Vieira -— Me abstenho
Não acho que tenho a capacidade de opinar nessa lista.


Carolina Bernardi — Me abstenho
Não sei quem são esses golpistas aí. Acredito que se tivesse terminado de jogar Portal 2 o Wheatley seria a minha opção, mas não terminei, então shame on me.


Mateus Mognon — Me abstenho
Quando eu jogava Mortal Kombat Shaolin Monks, Shao Kahn bateu em mim e no meu irmão, várias vezes, sem parar. Apanhar de Shao Kahn gerou memórias bem legais com meu brother, mas não sei se chega a elevá-lo ao título de "golpista".


Mariela Cancelier — Shao Khan

Cito os mesmo motivos pelos quais o Vini elegeu Shao Khan. Além de conquistar reinos e almas, ele governou sem ser eleito democraticamente. Além de ter tudo o que queria pela ganância, nosso querido vilão de Mortal Kombat ainda escravizou o seu povo a seu favor. Claro que não os fez trabalhar 12 horas por dia, mas ainda é o pior vilão para mim.

Outro ponto importante para lembrar é sua imposição de patriarcado, quando ele obrigou a rainha Sindel a ser sua esposa e considerar Kitana como sua filha adotiva. Sindel teve que se isolar, e preferiu a morte a ficar com o governante ilegítimo. Após sua morte, Kahn fez de Kitana sua assassina pessoal, e ainda criou uma “meia-irã” sintética dela, Mileena, para ser sua vigia.


Felipe Buzzi — Wheatley
Numa lista de golpistas fica difícil argumentar qual é o mais sacana de todos. Wheatley é um robô engraçado que tu conhece no início de Portal 2 e tu acaba que gostando dele e, de certa forma, tu se apega ao robozinho engraçado. Piadas ruins e um senso de humor peculiar para um robô desesperado é muito fofo, gente. Assim como quase todos os jogadores eu me entreguei para este personagem.

E me ferrei.

Me ferrei tanto que fiquei até com pena da GLaDOS versão batata. Wheatley traiu minha confiança e foi consumido pelas tentações do poder. Não consigo mais ouvir a voz do Stephen Merchant depois desse jogo. Wheatley deveria ganhar o selo de ETERNO VACILÃO do video game. Presenciei aquele golpe histórico com o coração na mão, tremendo e sem saber o que seria do futuro.

Obs: impressionante como a Valve deu personalidades a estes robôs, na boa.


Temer 7 x 0 Todos os outros vilões

Não importa se esse é um site de jornalismo de games e que nossos (poucos) leitores estão se lixando para a política e achando que isso não os afeta. Não tem jeito de deixar um duelo entre vilões mais golpistas e o vencedor não ser o nosso presidento. Grande parte do Insira a Ficha acredita que houve, sim, golpe à democracia brasileira.

Fora Temer!
Tags: ,
Logo Insira a ficha

Escrito por

Núcleo de jornalismo de tecnologia e games da Universidade Federal de Santa Catarina. Criado por estudantes, coordenado por estudantes e mal redigido por estudantes

Comente com o Facebook:

 

Receba nossas atualizações!

Contato

Fale com a gente pelo email insiraaficha@gmail.com para tirar dúvidas, relatar erros, dar sugestões, críticas e elogios!
Copyright © Insira a Ficha | Inspirado no Design de Templateism.com