quarta-feira, 16 de novembro de 2016

IaFeed: Jogos velhos que compraríamos na pré-venda

Share & Comment

Luiz Fernando Menezes — Conker’s Bad Fur Day (N64)
Sendo bem sincero vocês, eu só comprei dois jogos na pré-venda até hoje: The Walking Dead Season 2 e Bayonetta 2. Ambos sequências de jogos que eu simplesmente amei, ambos de empresas que eu confio e ambos seriam resenhados por mim no Adrenaline. Ou seja, além de ter jogado o título anterior, eu tinha um motivo profissional.

Então por que Conker’s Bad Fur Day? Ele não possui nenhum dos requisitos citados acima!

Porque a ideia da lista é meio que, se eu pudesse voltar no tempo, qual jogo eu compraria na pré-venda, certo? Então como, me diz, alguém NÃO compraria Conker’s Bad na pré-venda. O jogo +18 que saiu em um console da Nintendo e tem um boss que é um cocô que canta? Um game que eu ainda não decidi o que é melhor: a história ou o multiplayer. Resumindo: é South Park ANOS antes de South Park.

Os caras da Rare mereciam meu dinheiro antecipado.




Mateus Mognon — Kingdom Hearts 2 (PS2)
Kingdom Hearts 2 era um jogo tão bonito e além da sua época no PS2 que se você olhar para ele hoje em dia ainda vai se surpreender com a qualidade. Sério, tire o empoeirado Playstation 2 da gaveta ou baixe o emulador (que só roda com BIOS originais) para reviver uns momentos em Twilight Town.



Chorar vendo essa abertura é permitido

A trilha sonora, os gráficos, a jogabilidade, tudo tem padrões que competem com jogos do gênero atualmente. O único “problema” do game no PS2 é a baixa resolução, mas isso tem a ver com a plataforma. Tanto é que a Square Enix relançou o game no PS3 e fará isso de novo no PS4, no ano que vem, em uma coletânea com mais cinco games da franquia. Não só faria a pré-compra antigamente, mas se tivesse um PS4, já estaria jogando dinheiro para a Square Enix neste exato momento.



Tadeu Mattos — WoW (PC)
Vou deixar bem claro que não recomendo a pré-compra a ninguém. Já passaram a perna várias vezes nos gamers que participam disso (estou olhando para você, Ubisoft). O hype que se origina pelo marketing dessas empresas faz com que a pessoa gaste seu dinheiro sofrido antes de ter um produto pronto só para baixar o jogo antes ou para ganhar algum bônus inútil que você sabe que não precisa.

Depois vem reclamar que os jogos estão caros; que as pré-vendas possuem bônus estúpidos; que não correspondem ao hype. Claro, porque as pessoas insistem em participar dessa estratégia de marketing tóxica que contribui para a produção de jogos medíocres e que deixam produtores relaxados sabendo que já fizeram lucro mesmo antes de seu produto sair.

Depois de falar isso, o jogo que eu teria feito pré-compra seria o World of Warcraft (ahahahaha). Gente, eu jogo isso desde quando eu era um pequeno corpúsculo em 2006. Se eu voltasse no tempo, teria feito a pré-compra sem pensar. Até porque aprendi inglês, fiz amigos e sou quem eu sou por causa dessa droga de MMO. Blizzard, você sabe que eu te amo, mas faz logo uma droga de servidor para o jogo original.



Felipe Buzzi — Crash Bandicoot (qualquer um)
Concordo com a primeira frase de Tadeu Mattos. O hype é uma coisa que vem, chega pertinho em seu ouvido, e diz: compre, vai. Você se entrega a esse desejo, olha para os lados antes de usar o cartão e quando você percebe a compra já foi feita. O hype somado com a pré-venda e DLCs são as coisas mais cruéis que esse mercado pode promover.

Por todos os tempos que passei jogando CRESH, pela vontade de resgatar esse tempo, eu compraria de novo e de novo até mesmo na pré venda. Se a Sony ou a Naughty Dog revelarem qualquer coisa de um futuro Crash hoje, eu já estaria no site da pré venda segurando o dedinho para não comprar já de cara. As empresas sabem de nossas paixões e elas jogam com isso.

Quando tiver uma pré venda de Crash eu vou comprar ouvindo isso

Now I'm shopping, I'm not stopping.

There'll always be new stuff to buy

and I'll expand my needs somehow, yeah!




João Vítor Roberge - Max Payne 2 (PS2)
Depois de surtar de emoção com o gráfico mais ou menos, a atmosfera noir, as graphic novels, as frases e a dublagem no primeiro jogo, Max Payne 2 seria um jogo a ser comprado em pré-venda se eu tivesse condições na época. A ansiedade se tornaria frustração quando eu percebesse que não havia dublagem, que a história não me envolveria tanto assim, que Mona Sax fôra transformada numa espécie de Lara Croft e que todos os atores e modelos foram mudados. Pelo menos tinha o tosco Vinnie Gognitti fantasiado de Capitão Menino Taco de Beisebol. Bom jogo, mas pior que o primeiro.





Vinícius Augusto Bressan Ferreira - Nenhum
Desculpa, galera, sei que o objetivo é brincar com a ideia de comprar em pré-venda algo que a gente já jogou, mas acho que a prática é - ou pelo menos se tornou - absolutamente tóxica, então não consigo escolher nenhum. Até pensei em Grand Theft Auto IV, porque é um jogo que me gerou muita expectativa. Eu era apaixonado por GTA, e o jogo saiu enquanto eu ainda não tinha meu Xbox 360, o nível de hype foi tão grande que se eu tivesse o console era capaz de topar uma pré-venda. Ainda assim, a simples ideia do meu GTA lindo em pré-venda já causa mal-estar (sim, eu sei que GTA V teve pré-venda X_X.

Enfim, fato é que acredito de forma quase religiosa na vilipendiosidade, na infâmia, na indignidade dessa prática comercial. SEGUNDAMENTE, FORA, PRÉ-VENDAS! E tenho dito.
Tags:
Logo Insira a ficha

Escrito por

Núcleo de jornalismo de tecnologia e games da Universidade Federal de Santa Catarina. Criado por estudantes, coordenado por estudantes e mal redigido por estudantes

Comente com o Facebook:

 

Receba nossas atualizações!

Contato

Fale com a gente pelo email insiraaficha@gmail.com para tirar dúvidas, relatar erros, dar sugestões, críticas e elogios!
Copyright © Insira a Ficha | Inspirado no Design de Templateism.com